Crush em Hi-Fi

Música, trilha sonora, CDs, discos, DVDs, mp3, wmas, flac, clipes, ruídos, barulho, sonzera ou como quer que você queira chamar.

Vermelho, vermelhaço, vermelhusco, vermelhante: 5 bandas vermelhas que vão ferver seu sangue

O vermelho tem sofrido um grande preconceito hoje em dia. Tem gente (e até cachorro!) apanhando na rua só por estar vestindo vermelho, o que é uma coisa horrível. Vermelho é uma cor tão importante pra música, poxa! Lembrem-se do Red Hot Chili Peppers. O disco “Red” do King Crimson. O Simply Red. O disco “Red” da Taylor Swift. Os “red albums” do Weezer e do The Game. As roupinhas de Jack e Meg White no White Stripes.

Tá, não foram todos grandes exemplos, mas enfim: vamos a cinco bandas que conheci recentemente e fazem jus à força que a cor vermelha sempre representou. Ou você acha que o líder dos Power Rangers, Changeman, Maskman e todos tokusatsus era vermelho por acaso?

Red Boots
Gênero: Vermelho-sangue

red-boots-foto

O duo de Rio Grande do Norte é formado por Luan Rodrigues (guitarra, voz) e Gil Holanda (Bateria) e em 2014 lançou o disco “Touch The Void”, que não deve nada pras bandas de stoner internacionais. O primeiro disco, “Aracnophilia”, de 2011, também vale a ouvida.

Blood Red Shoes
Gênero: Vermelho-diabo (vestindo Prada)

p63661e6ine

Outra dupla, desta vez vinda de Brighton, na Inglaterra. Formada por Laura-Mary Carter (vocal, guitarra) e Steven Ansell (bateria, vocal), a banda já lançou quatro discos: “Box of Secrets” (2008), “Fire Like This” (2010), “In Time to Voices”(2012), e “Blood Red Shoes” (2014), além de vários EPs e vinis 7″. O nome foi tirado de um musical de Ginger Rogers e Fred Astaire e o som é o velho rock alternativo com pitadas de grunge, garage e punk.

Red Fang
Gênero: Vermelho-Bloody Mary

Red Fang "Whales and Leeches" press photos 2013

O quarteto de Portland, Oregon, passeia entre o heavy metal e o stoner rock sem abaixar o volume em nenhum momento. Formada por Bryan Giles, Aaron Beam, David Sullivan e John Sherman, a banda existe desde 2005 e lançou três discos: “Red Fang” (2009), “Murder the Mountains” (2011) e “Whales and Leeches” (2013). Os clipes da banda são em sua maioria divertidíssimos, o que ajudou a popularizar ainda mais o som dos americanos.

Russian Red
Gênero: Vermelho-União Soviética

russian-red--644x362

Apesar do nome, a cantora Lourdes Hernández, codinome Russian Red, veio da Espanha. Chamada de “a Feist da Espanha”, Russian Red escreve sempre em inglês e está na ativa desde 2007. Já lançou três discos: “I Love Your Glasses” (2008), “Fuerteventura” (2011) e “Agent Cooper” (2014), disco que a trouxe ao Brasil, onde se apresentou no festival No Ar Coquetel Molotov, no Recife, e no Sesc Vila Mariana, em São Paulo.

A Tribe Called Red
Gênero: Vermelho-urucum

atcr-3

O trio canadense A Tribe Called Red faz música eletrônica que mistura elementos de hip hop, reggae, moombahton e dubstep, sempre com muita percussão na mistura. Formada pelos DJs Ian “DJ NDN” Campeau, Tim “2oolman” Hill e Bear Witness, a banda define seu som como “powwow-step” e já lançou dois discos: “A Tribe Called Red” (2012) e “Nation II Nation” (2013).

Anúncios

Navegação de Post Único

Uma opinião sobre “Vermelho, vermelhaço, vermelhusco, vermelhante: 5 bandas vermelhas que vão ferver seu sangue

  1. Putinha em disse:

    esqueceram do radio red

    Curtir

Deixe Seu Comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: